Mousse de frutas vermelhas

Mousse de frutas vermelhas

Postei ontem em meu perfil a foto desta delícia que fiz e prometi que hoje a receita estaria no blog. É uma mousse deliciosa e simples de fazer. Vamos à receita.

Mousse de frutas vermelhas

Você vai precisar de:

  • 2 1/2 xícaras de chá de frutas vermelhas
  • 1 lata de leite condensado
  • 1/2 lata de creme de leite sem soro*
  • 1 pacote de gelatina sem sabor ou pode ser de amora ou framboesa

* para retirar o soro do creme de leite, leve a lata fechada à geladeira e deixe por 4 horas, no mínimo. Retire, faça dois furos no fundo da lata e deixe o soro escorrer. 

Olha como é fácil fazer!
  • Bata no liquidificador as frutas
  • Agregue o leite condensado e creme de leite até ficar bem homogêneo
  • Hidrate a gelatina conforme instruções na caixa
  • Adicione a gelatina dissolvida a mistura do liquidificador e bata mais um pouco
  • Coloque nas embalagens selecionada e deixa na geladeira por, pelo menos, duas horas.
A mousse pode ser servida em copinhos – como eu fiz -,  em tacinhas ou em uma travessa. Decore com uma amora ou framboesa e delicie-se!
Mousse de frutas vermelhas

Ah! Quando fizerem, me contem! Quero saber a opinião de vocês! 😉

Beijo doce!

Carolina Prada

Dicas para assar um bolo

Sweet Presente

Sweet Presente

Depois que falei da importância e função de alguns ingredientes na preparação do bolo, pensei em trazer algumas dicas para quem vai colocar a mão na massa.

Ah! Mas, se você não tem uma receita, tudo bem. Vou separar uma receita de bolo deliciosa para compartilhar com vocês! 😉

____________________

Dicas para assar um bolo

1. Pré-aqueça o forno com a temperatura especificada na receita, por pelo menos 20 minutos antes de assar o bolo. A posição da prateleira é mais um ponto importante. Antes de ligar o forno, ajuste a prateleira à posição designada pela receita. Para bolos a melhor posição é no centro do forno. A temperatura do forno para bolo simples deve ser de 180°C, ou seja, forno médio.

2. Meça exatamente todos os ingredientes usando copos medidores para secos e líquidos. Peneire todos os ingredientes secos. Bater bem a manteiga e o açúcar, até ficar um creme esbranquiçado. Acrescentar as gemas e continuar batendo.

3. Acrescentar as farinhas e o líquido, por etapas alternadas, para obter uma mistura homogênea. Acrescentar delicadamente as claras batidas em neve, para que o ar não se perca. O fermento em pó deve ser acrescentado só no final da preparação para que sua ação não seja enfraquecida.

4. Encha 2/3 das formas com o bolo e em alguns casos dê uns tapinhas com a forma em cima da mesa para que as bolhas de ar subam para a superfície.

5. Fique sempre de olho no tempo. Se você possuir um timer, use-o. Não abrir o forno antes de 15 a 20 minutos. Uma boa regra é sempre conferir como o bolo está 8 minutos antes do tempo estipulado pela receita. Faça o teste do palito: insira um palito no centro do bolo para checar a consistência, se ele sair limpo o bolo está pronto, mas se sair sujo espere mais 4 minutos e olhe novamente.

6. Retire a forma do forno e coloque sobre algum tipo de grelha e deixe esfriar de 10 a 20 minutos. Passe uma faca em volta da borda da forma para soltar o bolo. Segurando a grelha sobre a forma, gire para retirar o bolo. Deixe esfriar completamente.

____________________

Prontas para por as dicas em práticas?!

Beijos doces!

Carolina Prada

A alquimia dos ingredientes

Bolo Kit Kat

Bolo Kit Kat

É uma alquimia: cada ingrediente de uma receita de bolo é importante, pois será responsável pela leveza, pelo realce do sabor, pela umidade na medida certa.

Confira a importância de alguns ingredientes na preparação de um bolo:

  • Gordura – faz o bolo ficar macio, atenuando a ação da farinha. Para que as gorduras fiquem bem misturadas, devem ser batidas energicamente com o açúcar. O excesso de gordura pode deixar o bolo pesado, compacto, indigesto. Sua falta faz com que o bolo fique seco, duro.
  • Amido de milho – deixa a massa leve; mais leve que a farinha de trigo, vai permitir que seu bolo fique mais macio e saboroso.
  • Açúcar – na maioria das receitas, deve ser batido com a manteiga, pois da combinação destes dois elementos resulta a maior delicadeza da massa. O excesso de açúcar faz o bolo ficar com textura desigual, levemente grossa, impedindo seu crescimento.
  • Ovos – as gemas ajudam a estabilizar, dar liga à massa. Devem ser batidas com o açúcar e a manteiga. As claras, que dão leveza à massa, devem ser batidas em neve para fornecer maior quantidade de ar. Só devem ser acrescentadas à massa ao final, delicadamente, para que o ar não se perca.

 Bacana saber, não?! Espero que curtam e, ao realizarem suas alquimias, pensem com carinho no valor de cada componente de suas receitas. 😉

Aguardem! Logo trago mais dicas!

 

Beijos doces!

Carolina Prada